Pular para o conteúdo principal

Carlos Drummond de Andrade comenta sobre o seu vício no CRACK:


Carlos Drummond de Andrade comenta sobre o seu vício no CRACK:


"No meio do caminho tinha uma pedra


tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra."


Frases de Mao-humor insektoriano


INSEKTO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CUCKING STOOL - III

Cucking Stool- III


... O clichê é a alma do negócio! Tecer a ceda na mesma tecla é fazer da mentira uma verdade... "Lições preliminares de desobediência civil"

*
Sou acusado pelo lixo atômico que vegeta estas folhas... O que poderia dizer a respeito de toda esta merda? Nonsense? Quantas colheres de açucar você coloca em seu chá? Se é que você toma chá... Quantas bruxas foram queimadas por causa do livro vermelho de Mao? Acho que nenhuma!
Nonsense... Apenas a forma mais florida de burlar as leis da escrita medíocre universal, e ter a honra (pretensão ignorante, esta palavra "HONRA".) de escrever ainda mais mediocremente que os outros ardorosos Best-Sellers...
É algum tipo de vingança, algo que vem de berço, do berço da velha Alexandria... Pergaminhos e papiros amarelados corrompem a mentira que eles chamam de verdade... Ainda volto a tocar no mesmo assunto... "A alegoria da caverna", Platão, só ele para escrever um diálogo entre Sócrates e Glauco... Mas o que t…

Submarino Nuclear Russo - Doutor insekto

Submarino Nuclear Russo
Netuno abre seu largo sorriso espumando botos, e revelando baleias enquanto a pesada máquina morte emerge dos corais sua carcaça de escamas enferrujadas e cardumes perfilados em marcha serrada, onde desaba como pluma sobre o suspiro da brânquia escotilha, o pelicano faminto a devorar sua preza.

Luiz Gustavo Vargas * Doutor Insekto