sábado, agosto 04, 2012

SORRISO


Tudo começou com o sol
disfarçado de lua
no dia do confronto
entre as plantas travestidas
de peixes subterrâneos...

Areias dançando em compasso bruto
florescem ovos da constelação final
e assim a chacina começa a brotar
nas marés de teu sorriso!


Luiz Gustavo Vargas
Insekto

(do livro "Carcaça de Bruxo")

quinta-feira, fevereiro 02, 2012

REDE SOCIAL History

João entrou na REDE SOCIAL, igual o Charlie e a Polly.
O João adora compartilhar todas as piadas e falar dos assuntos que estão na MODA na REDE,
afinal, caiu na rede é peixe.
o Charlie "odeia tudo", entra na REDE e reclama de tudo que estão falando, acha que encheu o saco, que não aguenta mais e cita as mesmas coisas que os outros gostam. As mesmas COISAS #sóqueaocontrário.
A Polly fala mal de quem "gosta", e fala mal de quem "não gosta", da mesma COISA, que esta na REDE...
João se diverte na REDE!
Charlie Odeia a diversão do João, (está é a diversão de Charlie).
Polly Odeia a diversão do João e a raivinha do Charlie pelas mesmas coisas,
e repete as mesmas coisas.
Ela acha que é revolucionária,inteligente, diz para as pessoas procurarem o que fazer, ler, estudar, ela tem seguidores que postam coisas igual o João e o Charlie, mas ela escreve e eles mesmo pagam pau!!! E ela não faz nada que disse para os outros fazerem como ALERTA, (ela pode até excluir pessoas hein!)
mas ela TAMBÈM está na REDE... On Line, se importando...
assim como EU que estou escrevendo sobre a alegria do João, da Raiva do Charlie, e da sabedoria suprema da Polly, sou como eles, ironizo, brinco e me divirto na REDE...
Tudo na mesma REDE e farinha do mesmo saco.
Observados por todos, sabem nossas opiniões, (as sérias passam batido) ou não, algumas de mentirinha (estas é que levam mais a sério)
E no mais... Vamos CURTIR, COMENTAR, COMPARTILHAR, ou passar reto...
Estamos na REDE SOCIAL amigo.
Se não é social, vai tomar SOZINHO teu nescau! (deleta tua conta/mas de quem vai espiar a vida e poder falar mal?) hahahah.





Dr. Insekto
"Luiz Gustavo Vargas"

Práxis Maçã Entomologia Post Mortem - Dr. Insekto

Estou finalizando mais um fanzine, desta vez, com 18 poesias experimentais: "Práktica (Impar) - módulo Insektoriano-78" .
Estas poesias estão sendo reunidas no novo livro "Práxis Maçã - Entomologia Post Mortem".

Os módulos de poemas criei e escrevi durante uma madrugada no ano passado (2011).
Consiste em poemas de 3 linhas (Kai-Hai), e poemas de 5, 7, 9 e 11 linhas seguindo uma regra/ ainda em processo de criação. (Por isso "Impar".)

Segue, dois poemas que estarão no fanzine:




SEGUNDA-METADE


Sexta;
Saio com nó na garganta, bebo
Sábado;
De ressaca confundo com vinho
Terça;
Melhoro o sorriso, contemplo diálogo
Domingo (Soterro meu mundo sem televisão)





MEDALHA


Com tuas medalhas és o tudo?
Veludo passado de inglórias guerras
Rebuscada hipocrisia é teu pomposo escudo
Mudo tua história satiriza esta vida
As escadarias da mentira no peso do cascudo


Luiz Gustavo Vargas
Dr. Insekto


MORRISSEY em Porto Alegre-RS


‎_ "MORRIS...SEY"! - Só por causa do show vai morrer? 
Pois no show da Alanis "Moris_sette"!!!
Já teve até show dos The DOORS aqui, mas sem o Jim que já "Morrison".




Dr. Insekttus Ovatsug

quarta-feira, junho 29, 2011

Carlos Drummond de Andrade comenta sobre o seu vício no CRACK:


Carlos Drummond de Andrade comenta sobre o seu vício no CRACK:


"No meio do caminho tinha uma pedra


tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra."


Frases de Mao-humor insektoriano


INSEKTO

domingo, maio 01, 2011

MANIFESTO PRÓ-DESTRUIÇÃO DA FARSA “ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS” Cucking Stool – V parte.


MANIFESTO PRÓ-DESTRUIÇÃO DA FARSA “ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS”
Cucking Stool – V parte.


ANEXO - I
I-                   Que por algum determinado momento, voltem as leis da Santa Inquisição para que escritores BRUXOS FARSANTES possam ser queimados em praça pública. (não como um ato simbólico, de preferência).
II-                 SIMBOLOGISMOS ACRATENSES: Fica determinado a queima semanal do suposto Bruxo/Mago da ABL, dos seus livros que tanto contribuíram para o renascimento de um falso público leitor com histórias banais sem graça.
III-              Que seu dinheiro adquirido pela venda destas bestialidades seja espalhado para crianças carentes comprarem livros de Sade e Phroudhon!
IV-              Que outros livros dos falsos imortais, também selecionados, como politiqueiros que aderiram as LETTRAX também façam parte do processo pró-destruição, batizado com o simpático termo FAHRENHEIT 451/2004 seletivo a pseudo-imortais... que morrem e muitos caíram no esquecimento...
V-                Deturpação dos volumes de discursos de Getúlio Vargas para termos libertinos e escatológicos, copiados em fotocópias e distribuídos a escolas.
VI-              Outros políticos engraçadinhos, de ontem e hoje, também sujeitos ao procedimento do V tópico.
VII-           Fundação e comemoração do dia nacional GUY MONTAG para a queima de livros de auto-ajuda e MAGOS ESTÚPIDOS que tanto enriquecem o país ( e o mundo) com o emburrecimento em massa.
VIII-         Happenings de dançarinos, que encenam em volta de uma fogueira em frente a ABL neste dia comemorativo...
IX-              Decretado o dia Sabrina...
X-                No dia especial comemorativo à data do tópico IX, será lido, em voz alta, em frente a ABL (de preferência com megafones), por semi-analfabetos o livreto (qualquer um) da coleção de noveletas SABRINA... “Aqueles livretos em papel jornal...”.
XI-              Fica decretado que, o Manifesto Pró-Destruição já está fazendo efeito (com meio caminho andado) graças aos votos dos próprios acadêmicos que tanto contribuíram para a sua Própria DESTRUIÇÃO.
XII-           Estar atentos, quando em caso de morte de um “IMORTAL”, para bombardear de cartas e e-mails a ABL e fazer boca de URNA citando o nome de um novo acadêmico. Ex: Jô Soares, Ari Toledo...
XIII-         Faça uma lista de “escritores”, e publique em anexo.
XIV-        Caso  um dos nomes citados entrarem para a academia, a contribuição para a sua destruição será mais rápida e econômica.
XV-           ABRIR página na INTERNERD e escrever um livro conjunto com outros seres EXCRITTOREX quando o volume estiver com mais de 400 páginas, enviar por e-mail para bibliotecas públicas de todos os Estados e cidades (País/ Mundo) e fazer cópia encadernada para  ABL.
XVI-        EXCREVVER em conjunto texto/conto/romance/poesias com conteúdo ACRATA= ANARCO-ATEÍSMO, DADA-SURREALISTA ICONOCLASTA – PRAXIS-CONCRETISTA-ESCATOLÓGICO – MODERNISMO-METAFÓRICO/CYBERPUNK-RADICAL, CUBISMO-BEATNIK,etc... (Publique em anexo outra lista com outros EXTTILOX... Fica aqui registrado/decretado a criação da nova escola de LETTRAX ACRATTAX= com a fusão desordenada destes velhos e mofados estilos de vanguarda...
XVII-      Texto de preferência com a ortografia QORPO-SANTENSE / NONSENSE. (Acratismo)
XVIII-   Distribuição de foTTos dos acadêmicos nus (montagem) no dia comemorativo a: Guy Montag & Sabrina. Ver tópico VII/IX.
XIX-        Distribuição de foTTos de pessoas nuas com sacos de liXo preto na cabeça – O preto simbolizando luto/anarquismo.
XX-           Livro proposto (ver tópico XV/XVI) – EXCREVVER com pensamentos oriundos do intestino e não do cérebro.
XXI-        Nada de SENTIMENTALISMO, apenas PROVOQUE até dar resultados.
XXII-      Mesmo este MANIFESTO ser ANTI-MÍDIA, passe para todos os centros da grande mídia.
XXIII-   Este MANIFESTO também é ANTI-PROPAGANDA, mas “a propaganda é a alma do negócio” Espalhe.

 

 

J. Bhrames Khan,

pisicografado por

Dr.Insekttus.

terça-feira, maio 18, 2010

SOMBRAS



SOMBRAS, um curta de Luiz Gustavo Vargas "Insekto" - 18 de maio 2010.
"Um homem,após descobrir a traição da mulher entra em depressão profunda e começa ter alucinações, pesadelos e passa a viver isolado em seu mundo das SOMBRAS!"

quinta-feira, março 18, 2010

ORNITORRINCOS - Download demos antigas.

Achei neste blog:
As demos da Ornitorrincos, para download.
Já haviam me perguntado pq nós mesmo não tinhamos disponibilizado isso antes pra galera...
Bom, nem eu mesmo tinha estas demos em MP3, tinha em K7, hehehe!
Mas taí o link para download de duas demos da banda, mais a resenha do site:


Ornitorrincos

•setembro 7, 2008 • Deixe um comentário

Essa é uma que eu curto faz um bom tempo, mas reparei que pouca gente conhece. Nos integrantes temos daniel villa verde no vocal, josé ulisses brites na guitarra, luiz gustavo “insekto” no baixo e lucas ritcher na bateria. O Daniel Villa Verde é um cara que esteve por aqui no Espírito Santo, é camarada de quase todos os meus camaradas mas eu não o conheci, o Insekto está narevista Prego 2 e o José Ulisses é vocal e guitarra do Velho de Câncer. O som do Ornitorrincos é um punk com uma pegada rock’n'roll suja fenomenal. Cantado num portuñol e com letras políticas sim, mas sem ser monótona e recheadas de humor.

DOWNLOAD DAS DEMOS ANTIGAS AQUI:

http://www.mediafire.com/?4vtnzohgirb


ORNITORRINCOS_ ETREVISTA ANTIGA E POLÊMICA...

Entrevista antiga, com a Ornitorrincos, feita por Arthur Dantas (+SOMA) para ser originalmente publicada no zine Contravenção, mais acabou não saindo...

Pro Contravenção Zine

1. O Ornitorrincos existe desde quando? Contem qual é da banda pro povo. E Daniel, explica essa afirmação em uma mensagem tua: "*aqui no estado ninguém gosta da gente... é sério fizemos só 1 show em porto alegre e só.... tocamos mais em sc e no paraná. somos meio odiados aqui heheheh... mas isto é muito bom... o que realmente importa para gente é incomodar!!"

Gustavo InseKto: Aparece uns caras... tipo, o Zé vegetariano (louco e mutante) só de cueca em um show, Diego, um punkrocker MOD (galã e safado), Daniel Villa Verde(nossa para falar deste canalha) usando pijama em um show ou completamente nu em outro(pergunte para os Curitibanos) ah, e eu, eu sou do planeta Inseckthox. O punk tem que ter dois lados da moeda, e podemos fazer parte das duas, o dia de se divertir com os amigos, e o dia de sermos críticos, como uma subversão "poéticamente incorreta".

Daniel: É mais ou menos isso Artur, não sei o porque.... aqui no RS o pessoal nunca gostou muito de nossa musica, talvez porque não nos levamos a sério demais e as pessoas aqui as vezes são muito sérias e mal humoradas... aquela coisa do politicamente correto que nunca abre um sorriso, mas por outro lado em Curitiba, que já tem mais doidos por metro quadrado, tem muita gente que gosta da banda, o nosso melhor show foi la em fevereiro deste ano, totalmente inesquecível.

Diego: É isso aí, "vamo quebrá tudo... eles que se fodam, malditos filhos da puta". Acho que Curitiba é o lugar onde as pessoas mais gostam do grupo. Os shows que fizemos lá foram inesquecíveis, principalmente esse último. Só quem esteve presente pode contar o que aconteceu. E o Ornitorrincos por mais que tente, vai ser sempre mal visto e odiado.

Zé Ulisses: Acho que as pessoas não gostam da gente aqui , simplesmente por não darmos a minima importância ao que eles tentam ou criam aqui . Tudo aqui é baseado nas palavras bonitinhas ou em um discurso babaca que as vezes até parece que você ta entrando em uma igreja com um padre gordo, segurando um maldito microfone na mão convertendo novos jovens , (e ai vem a melhor parte) , dizendo que isso é punk . A gente não liga pra nenhuma dessas porras aqui , foda-se . Dai vem gente dizendo que nós somos um bando de retardados que não comparecem aos shows e não ajudam a cena punk daqui. Ok , até posso concordar que somos uns cornos retardados e que não comparecemos aos shows , mas ajudar a cena punk? Que cena? Aqui em Porto Alegre isso não existe , somente um monte de gente que descobriu um novo lugar para achar meninas cheirosas e se sentir como um maldito rockstar em u m clipe na MTV . Prefiro ficar em casa ouvindo minha demo dos "Legais" pela milésima vez , ao sair e prestigiar isso , tenho certeza que irei ganhar muito mais.

2. *Na demo "Welt Politik, sucrilhos e refrigerantes...", o que me impressionou (além obviamente, da caixa de papelão tosca que traz a fita), foram as letras sarcásticas e espertas em portunhol, com aquela sonoridade rústica típica do hardcore 80 estadunidense. Como surgiu a idéia de cantar em portunhol, quais as bandas que influenciam vocês e a mais importante: Jello Biafra é deus?!?
Diego: Sei lá. Esse lance de influência é dificil falar... cada um ouve uma coisa. O Insékto ouve Napalm Death, o Zé, Germs e Yamandu Costa, o Daniel, qualquer coisa, se tu chegar para ele, falar que tem uma banda da Indonésia que toca Bossanoisecrustpopindierocknrollsambapunktumpatumbumbum ele vai adorar. Essa semana eu ouvi muito Bob Dylan, The Ex e Tom Zé. O que dá pra perceber de influência no som mesmo é o punk dos anos 80, mas não se prende só a isso.

Gustavo InseKto: Welt politk, sucrilhos e refrigerantes é o nome de um dos meus livros de poesia, Jello Biafra existe, já deus, não... Mas a quem diga o contrário... Anos 80, o punk parecia ser mais ácido, por mais que as letras hoje sejam mais inteligentes o sarcasmo do punk sumiu um pouco... Então, imaginem tocarmos o que gostamos e o Daniel cantando em portunhol... Pra que mais canastrão do que alguém cantando em portunhol Julio Iglesias punk.

Daniel: Sei la de onde surgiu a idéia de cantar em espanhol.... foi algo espontâneo como tudo na banda, poderíamos ter escolhido francês, mas é algo mais dificil, nas próximas músicas vamos cantar em francês, e fazer referências aos textos situacionistas, porque ta na moda! hehehehehehe
Sobre bandas americanas dos 80, todos da banda piram nisso... Black Flag, Big Boys, Reagan Youth( tocávamos um cover), Circle Jerks, Dead Kennedys, Germs, Flipper, Minutemen, acho que como o Insékto falou gostamos mesmo da acidez que as bandas tinham na época.


3. Eu acho foda em vcs um espírito de "guerrilha underground" que parece ter ficado perdido no fim da década de 90. Vcs não tem medo de soar antiquado? Tem uma razão maior por manter a produção centrada em fanzines em papel e trabalhos semi artesanais?

Gustavo InseKto: Nossa, realmente estou ficando velho, nem sabia que isso estava antiquado.
O que a gente faz não é proposital do tipo "resgatar as origens, o espíto do underground" a gente sempre fez assim... E qual é a graça de um zine que não é cheroKado? Os primeiros zines que fiz, ANARCOVOMIT e INFEKTOS MUERTOS eram como todos daquela época, não tinha essa panelinha de: a meu zine é hardcore melódico e eu só entrevisto e faço resenhas de melódico... antes entrava tudo, gangsta rap ao extremo e brutal grind death metal, tudo na santa paz de O FAZINEIRO...

Daniel: Realmente os anos 90 dão saudade a todo fanzineiro que viveu o underground da época (você é um, lembro do Velotrol), antes a única maneira de você saber de uma banda era o fanzine, os flyers que recebia, essas coisas.... demos tapes mal gravadas que você amava escutar, muitas vezes até mais que os cds bem produzidos hoje.... acho que a coisa era mais ingênua antes, mas muito mais romântica e apaixonate!!! Antes as pessoas envolvidas eram em menor quantidade, mas parece que eram mais ativas e menos passivas, as vezes mero consumidores de música punk, e não interagentes do meio. E zine na internet é coisa de recalcado!!! Viva o xerox e as colagens e a máquina de escrever!!! hehehehehehehe


4. Eu ouvi as músicas de vocês que vão sair em cd pela
L-Dopa e achei a sonoridade das canções mais anos 90. Houve alguma mudança na formação? E expliquem o que é o movimento "Terrorismo Brando"...

Diego: Na demo as músicas eram mais cruas, elas foram feitas num fim de semana e gravadas no outro. Acho que foram mais espontâneas. A "welt politik.." foi feita na hora, poucos minutos antes de gravar. O Zé chegou com uma base nova, o Insékto meteu um poema dele no meio e gravamos. Já as músicas do cd foram mais trabalhadas, ou nem trabalhadas.. foram mais tocadas, ensaiadas, é.. trabalhadas mesmo. Enfim, elas ficaram mais "Bonitas" e mais "doidas". Mas, na demo já tinha essa doidera e essas bases "bonitas". Então, basicamente acho que é quase a mesma coisa, só que melhor gravado. Além, é claro, do entrozamento que vai aumentando e vamos conseguindo botar na prática melhor as coisas. Não sei. Exploramos mais as nossas loucuras, tem um blues de 10 minutos..

Gustavo InseKto: noventa? Acho que não. de 80 para setenta??? Para mim a primeira ta mais punk rock e a segunda punk in roll(???) e não tivemos nenhuma mudança na formação.

Zé Ulisses: Terrorismo brando?, bem isso o Mário saberia responder melhor . Eu ja concordo com você , as musicas ficaram meio com essa sonoridade , e sinceramente cada vez que escuto elas , as acho mais feias, talvez a gravação tenha ficado boa demais , o que acho que não funciona com a gente , nossas primeiras gravações depois da demo foi no quintal de um amigo nosso na cidade do Gustavo e do Daniel (maldita Santo Antonio da Patrulha , não queira ir la) e na boa , são lindas algumas com brigas nossas e outras com latidos de cachorros , preferia botar elas no cd , o Diego ja comentou em esquecermos aquelas musicas , o que estou começando a concordar , mas acho que no final vão ser essas mesmo e foda-se .

5. Como surgiu o convite de fazer a trilha-sonora de um filme do Peter Baierstoff? E me respondam algo que estou intrigado: como é ser punk rocker em Santo Antônio da Patrulha (explica onde que fica, quantos habitantes)?


Diego: O Peter é nosso amigo. Um dia recebemos uma carta avisando que uma música seria usada no próximo filme dele. Foi isso. O filme saiu, chama-se " Fragmentos De Uma Vida ". Quanto a ser "Punk rocker" em Santo Antônio da Patrulha é com o Daniel e o Gustavo, pois eles é que moram lá. Eu e o Zé somos da capital.

Daniel: Consideramos o Peter uma pessoa incansável, o que dizer de um cara que edita um fanzine em xerox a mais de 11 anos, e nunca esteve ai para as modas da cena.... gostamos da escatologia, do jeito que ele cutuca a sociedade, a moral e os bons costumes em seus filmes, ele é um punk que faz filmes para nós, e acho que ele atinge bem mais seu objetivo do que muitos punks por aí. Sobre Santo Antônio da patrulha, ela fica na região do litoral norte gaucho(embora não tenha praia), a 1 hora de porto alegre, e tem 35 mil habitantes. Apesar de as vezes não ter opções de emprego e cultura aqui, não troco a minha cidade por uma capital, gosto do sossego do interior as paisagens bucólicas, a vida da colônia, hehehehe, mas falando sério ser punk rocker em uma cidade com menos de 50 mil habitantes é um tanto estranho, você tem que ficar catando informações, imagin a por anos ouvíamos as demos que recebíamos, e líamos os fanzines, e ficávamos só fantasiando como seria um show ou o pessoal com que se correspondíamos!!! Depois começamos a organizar shows e festivais aqui na cidade, e pode-se dizer que a cidade tem, para o tamanho dela muitas pessoas que vão em shows, e gostam de música punk. Mas que as pessoas estranham e olham torto para você.. olham! heheh

Gustavo InseKto: Na época forte dos fanzines que conheci os filmes do Petter Baiestof, na casa do Marlos (que fazia o "and CHIMARRÃO FOR ALL zine") ele passou, ELES COMEM SUA CARNE e O MONTRO LEGUME DO ESPAÇO, eu pirei e disse, tenho que conhecer este cara, começamos a trocar correspondências e eu enviei a demo de um projeto noise meu, o MOTEUR INSECTES INDUSTRIELLE, programa de bateria no vídeo game, eu berrando e tocando guitarra desafinada, aí saiu uma música "Interestellar overdrive" (cover do pink floyd) no filme ZOMBIO. Ele já ficou duas vezes aqui em casa (Santo. Antônio), veio para passar seus filmes novos, RAIVA, e agora este que saiu a música dos Ornitorrincos.


6. O que os motiva a escrever letras tão boas quanto as de "El Bruce volveu para el Iron, el Kiss volveu a pintar su cara" ou "Lo Sol" (vamos colocar as letras de outras músicas no zine)? O que inspira vocês a fazer essas pérolas?


Gustavo InseKto: Eu puxava minha carteirinha de assinante da rock brigade de 95 e dizia: Bah, Daniel, vou voltar a ser metal, o Bruce voltou para o Iron e o Kiss voltou a pintar a cara... Caíamos na risada...quá,quá,quá... Ai ele escreveu a letra...

Daniel: As letras saem na total espontaneadade e improviso.... não é do tipo " ahhhh vamos escrever uma letra sobre isso ou aquilo..." normalmente sai de uma piada interna como a letra do El bruce, a de periódicos... eu ficava vendo minha tia, mãe e avó, na sala da minha casa, todas lendo revistas de fofoca e ficava puto com aquilo... daí escrevi a letra quando lembrei disso.
Acho que coisas do cotidiano, que as vezes passam despercebidas e não damos a mínima importância, são boas inspirações.

Diego: A letra dos Correios, por exemplo, se não me engano foi escrita na época que eles queriam acabar com as cartas sociais... então, numa tarde, começamos a discutir sobre todos os problemas que poderiamos ter com os correios: extravios, a tarifa alta, aí surgiu a letra. Tem toda uma história por trás, todas as nossas letras vem de conversas, quando falamos mal de alguma coisa ou de alguém. Desde o político até a dona de casa. Desde o cara que tu acha um idiota até nós mesmos.

Zé Ulisses: Pensar que o punk tem um preço e esta sendo vendido em qualquer lugar , raiva a cena musical gaúcha , pensar que GG Allin morreu como um rockstar sabe essas coisas......

7. Palavras finais. Ah! Daniel, Explica também sua teoria do porquê o Bidê ou Balde não serem undergrounds e quais as melhores bandas para vocês do Rio Grande do Sul...

Daniel: Porque eles nunca escreveram uma carta social na vida!!! Eita coisa deprimente essas bandas gaúchas metidas a maistream, essas micro celebridade gaúchas, que coisa mais ridícula...
Tem todo um glamour medíocre nisso, um prepotência provinciana e burra. Bandas que usam a cena independente apenas por conveniência até acharem uma major para assinar um contrato fajuto com elas, aqui tem demais isso, bandas que gravaram um cd-r, já tem empresarios, já querem dar autógrafos, e aparecer na coluna social do jornal local.... aiaiaiaia. Da vontade de rir muito!
Mas tem muitas bandas boas também por aqui.... posso citar Not so Easy, Screams of Life, Iconoclasticos, Clint Eastwood, Walverdes, Tijolo Seis Furo, Luther Blisset, Juicemen, e outras que esqueci.

Zé Ulisses: Para mim existem 3 bandas realmente boas aqui : Luther Blisset , por fazerem o que da na telha sem se importar como ninguém . Chapman: musicas boas e letras inteligentes e Sobreviventes do Kaos (e Cia) por levarem o punk a sério há tanto tempo.



quinta-feira, novembro 15, 2007

Ele é Mao!!!

|Foto montagem: LGVS.
"Insekto".

Frases de Mao(humor) Insektoriano.

-Por que será que todo chinês comunista está sempre de mau-humor?

-Sei lá, talvez por que ele seja maoísta!

INSEKTRON - AS INFAMES FRASES DE (E) FEITO DO DR. INSEKTTUS

Por: Luiz Gustavo Vargas

(Insekto), 2006.

*

-Ultimamente só estão falando em Sadam!

- Realmente; ele está com a corda toda!!!

*

Política no Brasil é como andar em círculos, uns vão para a esquerda, outros para a direita, mas todos acabam se esbarrando no mesmo lugar.

*

- Como se chama o hipopótamo saindo da farmácia com uma sacola cheia de remédios?

- Se chama hipocondríaco!

*

MAÇÃ DO AMOR

ADÃO E EVA NA FEIRA DO LIVRO.

1

Eva olhou seriamente para Adão e falou:

- E então, por que não quer comer a MAÇÃ?

-Sei não... – Respondeu Adão. – você já leu o livro da “Branca de Neve e os Sete Anões”?

2

Então a bruxa olhou séria para a branca de neve e falou:

- E daí minha filha, vai comer logo esta porcaria de MAÇÃ ou não vai? Eu não tenho o dia todo!

-Sei lá... – Respondeu Branca de Neve. – eu sei que é “amostra grátis”, mas... você já leu aquela historinha sobre Adão e Eva?

-Li pô! Por quê? – perguntou a bruxa ferozmente...

- Então... – respondeu Branca de Neve. – é PECADO!

*

Água mole em pedra dura, tanto bate até que... Descobriram o vazamento e a conta da água este mês vai ser caríssima!

*

TERROR IMPERIALISTA

Alca(eda)

ETA

Terroristas

Cheios

De

IRA

*

- Não sei por que as mulheres perdem tempo procurando pelos príncipes encantados, bastaria beijar, nós, os sapos e o problema será resolvido.

*

As mulheres insistem em tomar conta do lar... Nós tomamos no bar, já a conta...

*

Nunca entendi a história sobre o gênio que sai da lâmpada até ler sobre Thomas Edson.

*

As pessoas que trabalham com informática, repetem sempre que estão “com-puta-dor” de cabeça.

*

O CHEIRO DA PRAIA

Praia tem cheiro de protetor solar, que lembram aquelas gostosas que pedem para os meninos passarem o protetor nelas. Algumas pessoas não se protegem e enchem a praia de meninos e meninas. Deve ser o cheiro da praia que faz com que as pessoas se afobem e esqueçam a proteção...

O cheiro da praia pode ser exagerado, cheiro de peixe morto, picolé, sorvete, mar, milho verde, esgoto, suor... (Claro, tudo depende da praia que você está).

O suor que pinga junto com o protetor solar da gordinha, filha da gordona... Olho pro mar, lembro das baleias, Moby Dick, Orca, a baleia assassina... Odeio frutos do mar, pra mim existe fruta; fruto é no masculino.

Não posso sentir o cheiro de peixe... Peixe cru, assado, fresco, frito, podre, etc...

Não é só peixe, é camarão, siri, moluscos, tatuíras, mexilhões e até mesmo SEREIAS, afinal, tudo é peixe!(pelo menos pra mim) Quer dizer tudo ou NADA, por que quem nada é peixe!

A sereia às vezes até vira uma mulher normal, sem aquele rabo de peixe; ela sai da água e o seu rabo se transforma em pernas, fica linda, sedutora de marinheiros, deusa dos homens, mas... Quando a pobre abre as pernas...

Bah, é brabo o fedor de BACALHAU... Coitada, nem adianta lavar; pois se molhar vira rabo de peixe de novo!

A cada dia que passa a terra está mais quente. A camada de ozônio SE FU, graças ao flato alheio!É um “flato consumado”. Sorte dos empresários, donos de fábricas de protetores solares que ficarão mais ricos e aqueles que optarem em não usa-los e contribuir com a riqueza alheia; CÂNCER DE PELE! Isto é “flato”

Aqueles que (vi)verem VERÃO!

(Ah, essa frase... apenas mais um clichê da estação!)